Arquivo mensal: Maio 2014

EDITORIAL Nº 639 – 15/05/2014

Caro leitor,
Comemora-se hoje, dia 15, o dia Mundial da Família e eu como homem de família não podia deixar de falar da sua importância. Família é uma palavra bonita e afectiva, assim como mãe, pai, filhos, avós, primos, amigos, etc. Muito há a dizer do significado que encerra, para uns de uma forma e outros de outra. Assim como uns lhe dão valor e outros não, pelos mais variados motivos. Já quando eu era pequeno, se ouvia que de um “bom ninho sai um bom passarinho”. Mas como em tudo, alguns irrequietos podem cair no desprezo ou egoísmo ou podem voar em direcções de famílias melhores.
Para mim, como para muitos, a família é sagrada e dou muito valor às que com o tempo se mantêm unidas nas vissicitudes ou meras simplicidades da vida. Conheço muitas assim, que conseguem exemplificar o que deve ser sem tentarem, mas também conheço outras em que prevalece o ódio, a inveja, a mentira, o mau estar e os maus caminhos, porque não conseguem encarar com compreensão as diferenças ou percursos que cada um tomou como seu. Porque todos nos sujeitamos à mesma realidade, mas ninguém a vê da mesma maneira. A diferença entre famílas que dignificam a palavra e outras, é a tentativa. Cada ser humano é livre de escolher o seu caminho e aprender com ele. Uma família tenta apoiar, mesmo que seja através da exposição de cenários contrários ou adversos, mesmo que seja pela convicção expressa.
Mas nem tudo vem feito. Assim como um homem faz outro, a família também se constrói a cada dia que passa. Se tudo for discutido e decidido em família, o risco de insucesso e insatisfação é menor para cada membro, mantendo a família empenhada e unida, no bem comum e de cada um. Todos devem construir a casa à volta da Pedra Angular e assim não há tremor de terra que a deite abaixo. Uma casa assim não é construída na areia nem começada pelo telhado.
Não há modelos perfeitos, porque o ser humano também não o é e é falível, mas somos obrigados a ser racionais e medirmos todas as consequências dos nossos actos. Ás vezes até dos outros. Se conseguissemos ser racionais dentro do mais possível estaríamos perto da perfeição, mas temos todos outro lado que emocionalmente tolda a nossa maneira de pensar. Creio que todo o ser humano vive à procura da felicidade e palmilha léguas para a encontrar e muitas vezes está mesmo por trás dos seus olhos e não consegue vê-la. As primeiras respostas devem ser procuradas primeiro em nós e depois perto de nós.
Conheci e conheço pessoas simples, que só colocam a gravata em cerimónias, mas são felizes mais dias que outras pessoas mais empoderadas. Sempre defendi, por isso, que cada um é feliz à sua maneira. É tudo uma questão de conseguir ver para lá do muro ou ver até à sua retaguarda. Vamos esquecer os males deste mundo e ver a bonança que sempre nos deu, ainda que nem sempre pareça óbvia.
A vida é bela, vamos saber vivê-la.
Um abraço amigo,

Centro Bujutsu de Mangualde

A UKSB marcou presença hoje no Torneio da Queima das Fitas com 3 atletas do Centro Bujutsu de Mangualde, Joana Venâncio, Pedro Félix e Miguel Marques, todos a competir em Kumite nos respetivos escalões. Conseguimos apurar 2 segundos lugares com a Joana e o Pedro. O Miguel esteve ao nível do seu adversário mas não conseguiu alcançar pódio. Muitos Parabéns aos 3.

NOVO CURSO DE BORDADOS DE TIBALDINHO ARRANCA EM JUNHO

Com o intuito de manter vivo o nosso património cultural e as nossas tradições, a Câmara Municipal de Mangualde, em parceria com o CEARTE – Centro de Formação Profissional do Artesanato, irá realizar mais um curso de “Pontos Bordados Tradicionais/ Bordados de Tibaldinho” que se enquadra em Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD). Tornar-se assinante para continuar a ler…

Família, bordão de apoio nacional

Desde as mais priscas eras que o ser humano é dominado pela tendência gregária!…
É o caso do homem primitivo, qual folha a esvoaçar ao vento, sem orientação!…
A ignorância de tudo o que o cerca e, ainda, o instinto de sobrevivência a deixá-lo limitado ao acaso do tempo, fá-lo aproximar-se de outros seus iguais, a fim de remediar os males que o afectam!…
Tornar-se assinante para continuar a ler…