Arquivo diário: 3 de Setembro de 2015

EXECUTIVO MANGUALDENSE APROVA PROTOCOLO COM PSA PEUGEOT CITROËN E IP – INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL PARA: CONSTRUÇÃO DE ROTUNDA NO NÓ DE S. COSMADO

EXECUTIVO MANGUALDENSE APROVA PROTOCOLO COM

PSA PEUGEOT CITROËN E IP – INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL PARA:

CONSTRUÇÃO DE ROTUNDA NO NÓ DE S. COSMADO

Na prossecução de garantir melhores condições de acessibilidades e segurança na rede viária, o executivo mangualdense aprovou, na última sessão de câmara, o protocolo de colaboração entre a PSA Peugeot Citroën e a IP – Infraestruturas de Portugal para a construção de uma rotunda no nó de São Cosmado no cruzamento entre a EN 234 e a EN16.

Tornar-se assinante para continuar a ler…

«O TESOURO MAIS PRECIOSO… A Bíblia na vida de um viajante português do século XVII»

 

Mangualde acolhe exposição:

«O TESOURO MAIS PRECIOSO… A Bíblia na vida

de um viajante português do século XVII»

19 de setembro, a partir das 10h00, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

Mangualde acolhe, no dia 19 de setembro, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, uma exposição sobre a Bíblia de João Ferreira Annes d’Almeida (1628-1691), intitulada ‘O Tesouro mais precioso…A Bíblia na Vida de um Viajante Português do Século XVII’. A abertura será pelas 10h00, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, e representa uma vez mais a aposta da Câmara Municipal na cultura. A entrada é livre.

João Ferreira de Almeida (1628-1691)

João Ferreira de Almeida nasceu em 1628, em Torre de Tavares, concelho de Mangualde.

Filho de pais católicos, mudou-se para a Holanda, passando a residir com um tio e onde aprendeu o latim e se iniciou no estudo das normas da Igreja Católica. Recebeu a sua educação teológica na Holanda, empreendeu a primeira tradução do Novo Testamento para a língua portuguesa, a partir do original grego. Em 1670 a tradução estava concluída e onze anos depois foi publicada. João Ferreira de Almeida faleceu antes de completar a tradução de todo o Antigo Testamento do original hebraico. No entanto traduziu-o, de Génesis a Ezequiel, enquanto estava em Java (Indonésia). Em 1819 foi publicada a primeira edição da Bíblia em Português, de Génesis a Apocalipse, traduzida por João Ferreira de Almeida, sendo as versões revistas e atualizadas, posteriormente, as quais continuam a ser utilizadas pelos cristãos evangélicos de língua portuguesa.

João Ferreira de Almeida teve o grande mérito de passar toda a vida debruçado sobre a Bíblia e só a morte o afastou dessa notável missão. A tradução da Bíblia para português assume-se como um marco na história da imprensa em português, dada a multiplicidade de edições de então até ao presente.

 

24ª FEIRA DO VINHO DO DÃO – NELAS

Durante o fim-de-semana, com um programa atractivo para os visitantes

 24ª FEIRA DO VINHO DO DÃO – NELAS

ARRANCA ESTA SEXTA-FEIRA

Cerimónia de abertura às 16h0, no Auditório do Edifício Multiusos

É já amanhã, sexta-feira, que se inicia a 24ª Feira do Vinho do Dão em Nelas.

A Sessão Solene de abertura do evento será Presidida pela Ministra da Agricultura e do Mar, Dra. Assunção Cristas, que será entronizada pela Confraria dos Enófilos do Dão, numa ação de reconhecimento . A este momento segue-se uma homenagem à Dra. Cristina Martins pelo importante contributo desenvolvido em prol do vinho do Dão e, por fim, uma visita da organização e convidados à Feira, que decorre na Praça do Município.

Até domingo, 6 de Setembro, a 24ª Feira do Vinho do Dão – Nelas proporcionará a todos os visitantes um programa dinâmico e atractivo, que inclui: presença de cerca de 51 produtores de vinhos do Dão e outros expositores de produtos regionais, num total de cerca 120 expositores; Momentos de Conversas à volta do vinho, azeite, queijo, mel, doces e compotas, pão e biscoitos, maçã, chocolate, enchidos, bacalhau e coelho; conversas a 3 + 1 com a participação do jornalista e crítico de vinhos Luís Lopes; animação infantil; competições desportivas; Wine Party, entre outras actividades, com destaque para o musical, “As Músicas que os Vinhos Dão”, produção da Contracanto, Associação Cultural, e encenação de António Leal e Sandra Leal, que durante as três noites vai encher de luz e cor o recinto do evento, com mais de 150 atores em palco, e nomes de referência da cultura nacional, como o ator Vítor de Sousa.

Igualmente integrada no programa está a inauguração da Exposição do Professor Luís Branquinho, pelas 12h00, na Galeria do Edifício Multiusos, onde se dá a conhecer uma linha de trabalhos a que chamou “Surreal Festivo”. As obras expostas revelam uma linguagem surrealizante, com uma forte ligação ao imaginário da infância e um intenso sentido lúdico. As criações parecem, na verdade, libertar-se do plano, mas mantendo o espírito dos registos bidimensionais.

Luís Branquinho foi um artista com uma obra polifacetada, que percorreu vários caminhos estéticos, utilizando diferentes linguagens e técnicas. Nasceu a 28 de agosto de 1954 e Faleceu a 01 de abril de 2013.

Candidatos a deputados da coligação “Portugal à Frente

Roteiro de campanha, referente ao dia 3 de Setembro em Mangualde.

Este roteiro conta com a presença dos candidatos a deputados da coligação “Portugal à Frente”, pelo círculo de Viseu. Confirmamos também a presença do nosso cabeça de lista e Secretário de Estado da Administração Local, Dr. António Leitão Amaro.

Programa:

10:30 – Visita à Empresa Systeel

11:45 – Visita à Empresa CBI

13:00 – Almoço

14:30 – Visita ao Centro Social da Cunha Baixa

16:30 – Visita à Empresa Granitos Pimentel e Tavares

17:30 – Reunião com a Direção da Associação Empresarial de Mangualde

18:30 – Reunião com o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde

Lusovini oferece valor da venda de 50 caixas do vinho “Flor de Nelas – Terras de Senhorim” aos bombeiros de Nelas e de Canas de Senhorim

Lusovini oferece valor da venda de 50 caixas do vinho “Flor de Nelas

– Terras de Senhorim” aos bombeiros de Nelas e de Canas de Senhorim

É um vinho de homenagem a Emiliano Campos, co-fundador da Adega de Nelas e embaixador do vinho do Dão. Ao lançar as primeiras edições de branco e de tinto da nova marca, a Lusovini oferece o valor da venda das primeiras 50 caixas às associações de bombeiros dos dois polos do concelho.

O valor da venda das primeiras 50 caixas do vinho “Flor de Nelas – Terras de Senhorim – Emiliano Campos”, Branco 2014 e Tinto 2013, vai ser oferecido pela Lusovini às associações humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Nelas e dos Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim

O vinhos, que serão lançados em Nelas no âmbito da Feira do Vinho do Dão 2015, são uma homenagem deste grupo de distribuição e produção de vinhos a um dos grandes senhores da história do vinho do Dão, Emiliano Campos. Este foi um dos fundadores da Adega de Nelas e um dos grandes embaixadores do vinho do Dão.

“As gerações seguintes não o esqueceram e, por isso, a Lusovini quer dar continuidade à sua paixão e ao fascínio que ela inspirava com o lançamento dos vinhos “Flor de Nelas – Terras de Senhorim – Emiliano Campos”, Branco 2014 [100% Encruzado] e Tinto 2013”, afirma Casimiro Gomes, presidente do grupo Lusovini. “E, como sinal do nosso empenho em reforçar a produção dos vinhos às terras onde estes são feitos, decidimos doar o primeiro produto da sua venda a duas associações humanitárias que defendem exemplarmente os cidadãos de Nelas e de Canas de Senhorim e os seus patrimónios”, conclui.

Um dos fundadores da Lusovini, José Campos, é neto de Emiliano e está há muitos anos ligado ao setor vitivinícola, mantendo fortes ligações a Nelas. É ele o mentor (juntamente com a sua família) desta singela homenagem, não apenas ao seu avô, mas, essencialmente, a um dos grandes nomes do vinho de Nelas e do Dão.

Os dois vinhos feitos com as castas tradicionais da região: no caso do branco, a casta  Encruzado (100%); no caso do tinto, as castas Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro. Ambos os vinhos procuram enaltecer a história e as tradições do Dão. São duas edições exclusivas, muito limitadas, onde se engarrafaram apenas 2.000 garrafas de branco e 2.000 de tinto.

A enologia esteve a cargo de Sónia Martins.