Arquivo mensal: Janeiro 2018

Na Bagunça do Teu Coração no Teatro Ribeiro Conceição em Lamego

teatro

A Yellow Star Company apresenta o espetáculo Na Bagunça do Teu Coração no Teatro Ribeiro Conceição em Lamego, no próximo dia 20 de Janeiro pelas 21h30.

Este espetáculo é um musical que conta com as músicas de Chico Buarque como mote principal e retrata a vida de um casal no período de um ano, durante o qual passam por vários encontros, desencontros e desencontros, até que finalmente volvidas as quatro estações, o casal volta também a renovar o ciclo dos seus sentimentos e alcançam então o inesperado final feliz.

EDITORIAL Nº 723 – 15/1/2018

serafim tavares
Caro leitor

Diziam meus pais: ”Luz que vai à frente, alumia duas vezes.”
O centro do mundo da pedra (rocha ornamental), durante muitos anos foi Itália, mais propriamente em Carrara. Só no ano de 2002, os exploradores de mármore de Carrara, conseguiram chegar ao cume dessa montanha, aqui foi a maior referência do setor. Em Portugal a referência do mármore sempre foi em Estremoz, e este, muitas vezes é vendido no mundo por mármore de Carrara.
Este setor incutiu modas, lançou tecnologias e equipamentos, mas acima de tudo, ditou no mercado, o uso da rocha ornamental independentemente da origem da mesma.
Se Itália foi a pioneira no desenvolvimento desta área, também em Portugal, um país granítico, os portugueses não deixaram a sabedoria por mãos alheias. Demos as mãos e criamos sinergias estabelecendo pontes entre os principais intervenientes deste produto que tanto deu, e dá, à humanidade, uma vez que, a sua importância económica, social e cultural, vai muito para além da importância política.
As empresas metalo-mecânicas puxaram dos galões e fizeram, também, grandes máquinas para esta área. Desde engenhos para serrar o mármore a maquinaria para a sua exploração. Para o granito, surgiram máquinas para exploração e, de corte. Por último máquinas CNC.
A empresa Granitos Pimentel e Tavares, em Mangualde, conseguiu seguir esta linha de atualização na sua área de transformação de rochas ornamentais e é neste espírito de atualização na área, que tem uma tecnologia que muito dá ao setor. Como prova disso, para além de outras, apresenta o Boca de Sapo DS, todo construído em pedra. Uma obra única a nível mundial mas construída aqui em Mangualde, graças a um alto quadro técnico que a empresa dispõe.
Abraço amigo

SANFONINAS

dr. jose
Será que as feiras têm magia?

Criou el-rei D. Dinis, reza a História, as feiras francas. Francas, porque nelas se não pagava para expor os produtos e os vender ou trocar. Pretendia o monarca incrementar o comércio e, além disso, fomentar o convívio entre as gentes, que, vindo à feira, sabiam das novidades, trocavam impressões, aumentavam os seus conhecimentos, até porque, de vez em quando, lá aparecia um produto novo a atrair as atenções.
Tornar-se assinante para continuar a ler…