Arquivo diário: 1 de Fevereiro de 2018

EDITORIAL Nº 724 – 1/2/2018

serafim tavares

Caro leitor
Por norma não sou arrumado, mas sou organizado pessoalmente. Não fomento a desordem e não me procurem no caos. Lá não é o meu lugar.
O meu caminho firme é a harmonia. A beleza das coisas, a ordem e o cuidado por todos os seres, assim eu possa. Existem pessoas desordeiras por natureza e até lhes dá algum gozo. Comigo não mexem e não me trazem desordem. Não sou contra tais pessoas, mas também não servem de exemplo para ninguém. Os desordeiros acredito, nunca serão felizes. Ideal mesmo é a ordem, nas relações com as pessoas, no trabalho, em casa, no campo, no trânsito, etc.
Uma pessoa desprendida é por norma desorganizada e tem um comportamento generoso do qual dispõe de tudo em favor do próximo. Uma pessoa desprendida é sempre admirada e assim deve ser seja pelo seu desapego, seja pela sua generosidade. De nada vale pena, agarrar-se a coisas transitórias, nem ser avarento, querendo tudo para si.
Nada se leva para o outro mundo, a não ser o primor espiritual e o bem que se praticou na terra.
Evite atribuir por isso, aos bens materiais um valor que não existe. São importantes, sem dúvida. Sem eles também não se vive, mas não são definitivos. Acumule sim, um tesouro para a eternidade.
A ganância prejudica-o sempre, deixa de viver a sua vida para viver a vida dos outros. Não deixe que isso aconteça.
O nosso destino repousa nas mãos de Deus e está sempre nas nossas mãos. Podemos sem dúvida dizer que somos tudo para o bem ou para o mal do nosso destino. Por outro lado temos que reconhecer que ele não nos pertence já que somos senhores da vida e da morte.
Vamos então decidir o que fazer com a graça de ter um nome e com o milagre de viver.
Fica a derradeira pergunta:
O que fazer com este milagre da vida? Vivê-la medrosamente alienando-se da responsabilidade de florescer? Ou abraça-la apaixonadamente para a glória de Deus e o bem dos outros.
Diante dos infortúnios, há quem diga: é o destino!
Deus e a vida no entanto dizem: luta, engrandece o destino que tens. Por isso, eu já disse aqui muita vez, que cada vez que a sorte me bate à porta, encontra-me a trabalhar.
Abraço amigo,

UMA HISTÓRIA VERDADEIRA

Por Humberto Pinho da Silva
Conheci, pelos anos setenta, recém-casados. Ambos empregados, que levavam vida modesta, mas desafogada.
Alugaram bonito apartamento, nos arredores da cidade do Porto. Eram simples e felizes: amavam-se.
Felizes…até ao momento, que, para obterem melhor rendimento, assentaram, que um deles (o marido,) fosse frequentar a Faculdade, para obter diploma, que lhe desse oportunidade de ocupar cargo mais rendoso.
Tornar-se assinante para continuar a ler…

4º ALCAFACHE BIKE TRAIL DAY

A CPACOMVIDA – Associação Social Cultural Recreativa De Alcafache como já têm sido habito, informa que vai organizar o 4º ALCAFACHE BIKE TRAIL DAY , que se realizará a 18 de Fevereiro de 2018.
A realização deste evento de carácter desportivo, tem como principal objectivo promover e dinamizar a Instituição assim como a angariação de fundos.
Já na 4ª edição, é nossa intenção organizar um evento que possa ser sustentável, para que o seu efeito seja alcançado na plenitude.
O Evento estará aberto a todo o público em geral, estando o mesmo inserido numa vertente exclusiva de LAZER.
Contamos com 4 percursos, divididos por 40Km(BTT) 25Km(BTT/TRAIL) 15Km(TRAIL) e 7Km(Caminhada), nos mesmos vão literalmente estar envolvidas a passagem dos participantes pelas Freguesias de Alcafache, Lobelhe do Mato, Moimenta de Maceira Do Dão e Fornos de Maceira Do Dão, os percursos vão estar devidamente sinalizados com fitas e placas de identificação, assim como alguns elementos em ajuda a organização, para poder dar mais sentido de orientação aos participantes.