Arquivo mensal: Setembro 2018

EDITORIAL Nº 738 – 15/9/2018

serafim tavares
Caro leitor,
No passado dia 18 de agosto, a Banda Filarmónica da Boa Educação de Vila Cova de Tavares de Mangualde fez 100 anos, um século.
É de realçar e de recordar todos quantos fizeram com que esta Banda chegasse ao seu centenário, desde o seu fundador o Pe. José Amaral até aos presentes que hoje, com muito sacrifício, fazem com que a mesma perdure no tempo. Tanto quanto sei, é com esforço humano e carolice que a mesma se mantém em atividade. É pena que o poder político não olhe mais para as Bandas como olha por exemplo para os clubes de futebol, sendo que alguns clubes só existem para receber 10 mil euros por ano. Não critico este apoio, mas critico a falta do mesmo apoio para as Bandas Filarmónicas, que levam inclusive Mangualde além fronteiras, com sacrifício dos mesmos e das suas famílias.
O poder político por cá deixou cair o que de mais importante teve Mangualde como voz, e que contribuía para a divulgação do concelho: a Rádio Voz de Mangualde. Teria também deixado cair este seu jornal, o Renascimento, não fossemos nós a sacrificarmo-nos para o mesmo subsistir. Contribui para que o mesmo deixe de ter voz, dado que há anos que desvia publicações obrigatórias para o jornal dos ricos, mas felizmente, com a ajuda de todos os colaboradores, assinantes e publicitários que o mesmo se mantém de pé firme na sua missão, que é levar aos 4 cantos do mundo o que de bom e de mau se passa no nosso concelho.
O jornal é a história escrita de um concelho, tudo fica registado e guardado pelo estado português e Bibliotecas também. A história é a alma de um povo, neste caso dos mangualdenses e vamos pedir que à semelhança da Banda de Vila Cova, outras Bandas do nosso concelho comemorem também os seus centenários. É uma data bonita e memorável.

Um abraço amigo,

IMAGINANDO

francisco cabral
Parte 43
Continuação da parte 42
Sétima auto-outorga – Foram milhares os anos de preparação e finalmente anunciado e desvendado o mistério por Gabriel que Michael, Criador do nosso Universo desceria aos planos terrenos, escolhendo Urantia (Terra) e como uma criatura mortal, para cumprir  a sua última outorga e finalmente regressar a Salvington (capital do nosso Universo Local) para reinar definitivamente o Universo que havia criado.
Tornar-se assinante para continuar a ler…

DEMOCRACIAS DO MEDO

DSC03818

Da Checoslováquia – viagem terminada
Esta será a ultima crónica de uma viagem muito enriquecedora por toda a informação que conseguimos recolher, tanto do ponto de vista cultural – arquitectura monumental, museus, características da malha urbana com uma profusão de parques lindíssimos a enquadrar o casario – como também pelo muito importante campo social e económico. Tornar-se assinante para continuar a ler…

Venha ver o Pôr do Sol

Foto
As nossas aldeias do interior são um diamante por lapidar. Portugal está na moda e turistas de todos os pontos do mundo fazem uma autêntica invasão. Quem vive em grandes centros urbanos sente que nos Centros Históricos quase já não há população local. Corre-se o risco, se necessitar de uma informação, de não encontrar nenhum residente e de ter de falar línguas, com os parceiros do lado.
Tornar-se assinante para continuar a ler…