Grandes Projectos para a Região

Foto
Nos últimos dias temos assistido ao lançamento de grandes ideias e projectos para a Zona Centro do País.
Entre os grandes projectos a ligação por comboio entre Aveiro e Mangualde. A ideia é óptima por ser uma ligação directa dos Portos de Aveiro e de Leixões à Espanha e à Europa.
Esta ligação traria de novo o comboio à cidade de Viseu e mais coesão e desenvolvimento aos territórios de baixa densidade promovendo a sua sustentabilidade.
Voltemos à ligação ferroviária Aveiro – Mangualde. Esta grande obra com 86 quilómetros, seguiria paralela à auto estradas A25, electrificada, com travessas polivalentes susceptíveis de adaptação à bitola europeia podendo atingir 200 Kms por hora e transportaria cargas superiores às actuais. Respeitaria mais o ambiente e traria menos poluição.
Não podia ser melhor. Viseu voltaria a ter comboio ao fim de 30 anos de interrupção.
Viseu, Capital de Distrito, é na actualidade a única sem caminho de ferro.
E Mangualde uma grande plataforma. A unidade de montagem de automóveis em Mangualde poderia beneficiar imenso com a concretização deste grande projecto que ajudaria muito à sua manutenção.
Este é o projecto mais caro, no que diz respeito à ferrovia, cerca de 675 milhões de euros, para o próximo quadro europeu. Este projecto, ou outro parecido, apresentado anteriormente a Bruxelas foi chumbado com base na sua taxa de rentabilidade negativa. E por isso este anúncio é uma segunda tentativa do Governo, que se não tiver aprovação, apoio dos Fundos Europeus de 405 milhões de euros não terá no futuro próxima realização.
A linha da Beira Alta está subaproveitada, só tem 6 comboios de carga por dia.
Ainda há outros problemas, que têm o apoio de Coimbra, que vê neste projecto uma forte concorrência à renovação da linha da Beira Alta.
Por isso corremos o risco de ficarmos só pelo sonho desta ligação.
E sonhar já não é nada mau! …