CONSULTÓRIO

CHEGOU A PRIMAVERA E, COM ELA, CHEGAM AS ALERGIAS DA PRIMAVERA!
Desta vez, a Primavera, chegou com o equinócio: na data certa do calendário! E, pelo Sol que tem feito, já se instalou!
O calor do sol desperta os pólenes que, levados pelos insectos e pelos ventos fortes que têm soprado, começam a andar pelo ar fazendo com que os olhos dos que sofrem de alergias fiquem vermelhos e a picar, o nariz a espirrar, a escorrer e a ficar entupido, a pele a encher-se de vermelhidões e de comichões e os brônquios a expressarem-se por tosse e pieira e a causarem falta de ar!
A FEBRE DOS FENOS
A febre dos fenos é a associação de conjuntivite e de rinite causadas pelos pólenes, com sintomas simples:
Irritação, vermelhidão e comichão a nível dos olhos;
Espirros abundantes e consecutivos, ardor, nariz entupido e a escorrer;
Fadiga;
Desaparecimento do odor e do paladar.
Este fenómeno traduz, em geral, uma alergia aos pólenes, não só das gramíneas, mas também de árvores, de arbustos e herbáceas. Mas outros factores e outras causas podem, também, explicar e agravar aqueles sintomas: a poluição, o tabaco, os animais de companhia (em particular os gatos), os ácaros, os bolores… ou, mesmo, serem resultantes de alergias cruzadas ligadas à alimentação.
Também a pele pode ficar irritada, com urticária, vermelhidão e, sobretudo, muita coceira.
O CICLO DAS RINITES
Não há dúvida que a Febre dos Fenos está muito associada a esta época do ano. Para as gramíneas o período mais sensível começa agora em Março/Abril e estende-se por mais dois ou três meses, até Junho/Julho.
É preciso não esquecer, também, que outros ciclos podem ter influência sobre as alergias: os ácaros, por exemplo, têm dois picos de reprodução, no Outono e na Primavera. Os fungos e bolores, como gostam do calor e da humidade, também podem aparecer no Verão.
ASMA E A RINITE: UMA LIGAÇÃO ESTREITA
Além de alterarem a qualidade de vida, as rinites podem levar ao aparecimento de asma:
80 % das pessoas com asma têm uma rinite;
40 % das pessoas com rinite têm asma.
EVITAR OS ALERGÉNEOS RESPIRATÓRIOS
Para tratar é preciso diagnosticar correctamente a fim de determinar ou suspeitar quais os alergénios originadores do problema. A história clínica, a pesquisa de alergénios, quer no sangue, quer através de testes cutâneos permitem a sua identificação. Após esta, a solução mais evidente, quando é possível, é de evitar ao máximo o contacto com os alergénios em causa. Quando o afastamento não é possível ou não é suficiente, caberá ao médico a decisão da melhor terapêutica, mas que se irá basear em anti-inflamatórios e anti-histamínicos.
DESSENSIBILIZAR CONTRA AS ALERGIAS
Mas, o mais importante tratamento de fundo contra as alergias respiratórias é a dessensibilização: um tratamento com vacinas, feito durante três a cinco anos. É um tratamento ao mesmo tempo preventivo e curativo.

Jovens Sensibilizados para a Realidade dos Refugiados na Grécia


Em colaboração com a Associação Entremundos, uma coletividade humanitária sem fins lucrativos que visa apoiar as comunidades mais vulneráveis, o acolhimento e a integração de Refugiados e Migrantes através de soluções inovadoras, a Academi@ STEM Mangualde desenvolveu uma atividade para exploração dos fluxos migratórios, partindo de uma problemática real, os refugiados de Moria (Lesbos-Grécia). Esta atividade visa desenvolver a criatividade, o trabalho em grupo e o pensamento critico na resolução de desafios/problemas através de atividades práticas. No decorrer do segundo período, as turmas do 4.º ano do Agrupamento de Escolas de Mangualde participaram nesta atividade, à distancia, através da plataforma Google Meet.
Com o objetivo de sensibilizar os alunos para a realidade dos refugidos em Moria, na Grécia, Dulce Machado, presidente da associação Entremundos, e cada professor de cada turma do 4.º de escolaridade sensibilizaram os alunos para esta realidade.
Esta atividade contou com diversos momentos. Iniciou-se com a apresentação da entrevista, realizada pela Academi@ STEM Mangualde, a Dulce Machado, tendo como assunto principal as migrações e o campo de refugiado de Moria. O segundo momento foi marcado com a proposta de um trabalho de grupo respondendo aos desafios lançados na entrevista. Neste momento síncrono os alunos foram distribuídos em grupos e trabalharam as questões, dúvidas e curiosidades que gostavam de ver esclarecidas.
Da resposta ao desafio proposto pela presidente da associação, resultaram diversos trabalhos realizados colaborativamente, com a ajuda/ supervisão da (o) professora (o) titular de cada turma.
Foram desenvolvidos desenhos pelos alunos sobre a temática, com o objetivo de serem entregues a campos de refugiados na Grécia.
Esta atividade permitiu aos alunos conhecerem um pouco mais desta realidade vivida no mundo. Uma atividade cognitiva que resultou num grande impacto significativo a todos os intervenientes na atividade. Uma excelente iniciativa da Academi@ STEM Mangualde em junção com o Agrupamento de Escolas de Mangualde e a Associação Entremundos.

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE MANGUALDE


O Conselho Local de Ação Social de Mangualde, do Programa Rede Social, liderado por Maria José Coelho, vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Mangualde, aprovou em reunião plenária, realizada online a 11 de março, em unanimidade, o Plano de Ação 2021 e o Plano de Desenvolvimento Social 2021–2024. 
Este projeto visa desenvolver o quadro estratégico de intervenção do desenvolvimento social concelhio, considerando e gerindo as possibilidades, os recursos e as fragilidades das diferentes medidas e políticas no território.
Tem como objetivos e como estratégia combater e atenuar, os problemas prioritários previamente identificados no Diagnóstico Social Concelhio, aprovado em outubro de 2020.
“Capacitar para o Envelhecimento Protegido”, “Fomentar a Funcionalidade Familiar”, “Fomentar o Emprego e Combater a Precariedade Laboral”, “Promover a Inclusão de Pessoas Portadoras de Deficiência” e “Promover Estilos de Vida Saudáveis” são os principais eixos de intervenção do Município.
Este trabalho resulta da especial atenção das parcerias efetivas e alargadas dos agentes sociais nas diferentes áreas de intervenção e natureza.

maior e mais pesado carrilhão itinerante do mundo chega a mangualde


O “Carrilhão Lvsitanvs” chega a Mangualde no dia 2 de abril para assinalar a Páscoa com dois concertos, apresentando temas para todos os gostos musicais, desde o mais erudito ao mais popular. Um carrilhão tipicamente português e uma novidade única na Península Ibérica, o “Carrilhão Lvsitanvs” está a despertar o interesse e curiosidade entre os amantes da música devido à sua versatilidade em criar obras musicais dos mais variados estilos. Desde 2015 a dar música pelo país fora movimentado apenas por um trator, o maior e mais pesado Carrilhão itinerante do mundo é composto por 63 sinos e pesa aproximadamente 12 toneladas. Apesar do seu peso, apresenta uma grande mobilidade quer seja em recintos fechados ou ao ar livre, a solo ou com outros instrumentos e tem marcado presença em audições de música erudita, arraiais e festas medievais.
Os concertos têm lugar na freguesia de Chãs de Tavares pelas 15 horas e no Largo Dr. Couto pelas 21h30. O município convida a população a assistir aos concertos em suas casas, uma vez o som do concerto será ouvido nas ruas envolventes aos locais indicados. Não será permitida assistência no local, nem aglomerações.

COVID 19


Na passada sexta-feira, dia 26 de março, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, afirmou que o Governo decidiu “de forma eletrónica prorrogar o atual decreto até 05 de abril” e decidir apenas na quinta-feira, dia 1 de abril, “quais são as regras a aplicar a partir de 05 de abril”. Até lá, “as regras são exatamente as mesmas com que vivemos hoje, incluindo o prolongamento da proibição da circulação para fora do concelho, que vigora desde as 00:00 horas de 26 de março até às 23:59 do próximo dia 05 de abril. O decreto é em tudo o resto igual”, referiu.
Hoje, dia 1 de abril, entra também em vigor o 14º diploma do estado de emergência, decretado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na passada quinta-feira, dia 25 de março, até 15 de abril.
EM MANGUALDE
No passado dia 28 de março, o concelho de Mangualde atingiu finalmente os números tão desejados – zero casos ativos.
A 30 de janeiro, o concelho registava o seu pior dia, 460 casos ativos. Graças às recomendações das várias entidades (saúde, proteção civil, município) e ao bom senso dos habitantes do concelho, os números foram descendo, conseguindo-se finalmente atingir os zero casos.
Chegados a este número, agora, é necessário não baixar os braços, continuar a cumprir todas as regras de segurança e seguir à risca as recomendações da DGS para que os números assim se mantenham.
De salientar ainda, que no final do mês de março, já mais de 2000 mil pessoas do concelho haviam sido vacinadas.

«Quadro de Mérito Evolutivo» iniciativa implementada pela Associação de Estudantes de Mangualde neste ano letivo 2020/2021 visa premiar a evolução escolar


Este vai ser um ano letivo ainda mais diferente. Mesmo com a pandemia, a Associação de Estudantes criou algo inédito. Valorizar os alunos que mais progridem no ambiente escolar pode fazer toda a diferença e esta Associação decidiu premiá-los.
Nesta nova realidade, o ensino à distância tem sido um grande obstáculo à motivação dos estudantes. Como tal, surgiu esta ideia inovadora que pretende reconhecer o esforço e a resiliência dos alunos.
A iniciativa versa os estudantes entre o 9º e o 12º ano de escolaridade, premiando dois alunos por cada respetivo ano. As inscrições decorrem online desde 20 de janeiro até ao próximo dia 9 de abril e o regulamento pode ser consultado tanto nas redes sociais como no website da Associação de Estudantes.
Conforme referiu o Diretor do Agrupamento em conferência na passada sexta-feira dia 19 de março, esta escola prima por desenvolver projetos pioneiros de incentivo aos seus alunos. “Considero que é uma ideia extremamente inovadora” referiu ainda o Eng. Agnelo Figueiredo.
“Estamos mais habituados a prémios para os melhores alunos e não para aqueles que têm como objetivo tornar-se os melhores alunos” diz o presidente da Associação de Pais. “É de facto um projeto excelente” continua o Eng. Rui Pedro Pinto. Graças ao trabalho desta organização, foi alcançada uma maior proximidade com os encarregados de educação. Para todos os estudantes, a divulgação realizou-se presencialmente.
Pelas palavras do presidente da Associação de Estudantes Marcelo Marques, o principal objetivo é promover a aprendizagem e o crescimento dos alunos, reforçando a ligação da Associação com a comunidade estudantil. “Pela primeira vez a nossa escola, num projeto totalmente pioneiro, irá premiar o progresso, o que é muito importante (…) para toda a região” afirma Pilar Guimarães, uma das principais mentoras do projeto.
“É o passo que queríamos dar para tornar a nossa comunidade mais alta, ajudá-la a subir um pequenino degrau” menciona Pedro Guimarães, gestor da Pereirinha Ourivesarias. Explica ainda que o projeto tem diversas vantagens, entre elas criar condições mais favoráveis aos alunos no acesso ao Ensino Superior. “Esta iniciativa pode pôr a nossa escola ainda mais no mapa” salienta também.
A marca Watx and Co foi igualmente fundamental para a construção do projeto, patrocinando um valor de 100€ em produto para cada vencedor.
A desertificação do interior não é novidade para ninguém. Contudo, um dos sonhos mais ambiciosos do concurso é poder contribuir para a reversão do processo.
A longo prazo, espera-se difundir a iniciativa pelo distrito, implementando-a noutras escolas. Almeja-se ainda angariar progressivamente mais candidatos, alargando também o número de parceiros e patrocinadores.